News

Voltar

Influenciadores digitais

PC Siqueira no Diálogos 140

Na semana passada, no dia 25 de outubro, foi realizada a quinta edição do Diálogos 140, que contou com a participação de PC Siqueira, apresentador e influenciador digital, e Liliane Ferrari, professora de mídias sociais. Confira nesse vídeo os melhores momentos e as principais dicas para ser um influenciador digital, aqui

 

Com a mediação de Ricardo Braga, diretor da 140, agência digital  e de mídias sociais da Art Presse, Liliane Ferrari e PC Siqueira falaram sobre produção de conteúdo digital voltado para o tema de “comportamento” e deram dicas para aqueles que pretendem se lançar no mercado de conteúdo digital. Confira abaixo um resumo dos principais pontos abordados:

O começo

“É importante para qualquer influenciador, ou produtor de conteúdo digital, primeiro de tudo, entender as ferramentas. Entenda os dados da sua audiência” (Liliane Ferrari).

“Atualmente demora-se cerca de um ano para você entrar no radar das pessoas, desde que se poste com frequência. É uma dedicação, sim, é um trabalho, mas eu costumo dizer ‘você não faz quatro anos de faculdade e se fode pra caramba para ter o emprego que você quer ter?’. As pessoas têm a falsa impressão de que por ser digital as coisas vão acontecer rapidamente, meio que instantaneamente, existe todo um trabalho para desenvolver um canal” (PC Siqueira).

A escolha do tema

As pessoas, geralmente, exercem uma influência nas áreas em que elas naturalmente conseguem trabalhar e expor. Em geral é uma pessoa que gosta muito do que faz e entende, de modo visceral, sobre determinado assunto. Acredito que essas pessoas são movidas pela vontade de dividir experiências sobre aquele assunto, mas, acima de tudo, deve haver verdade naquilo que ela fala e faz” (Liliane Ferrari).

As métricas

“É importante entender um pouco sobre as métricas para não morrer na praia. O próprio Youtube muda os algoritmos o tempo todo e não explica o que acontece por trás disso, mas nós temos que ir atrás para entender. Há pouco tempo, por exemplo, vários vídeos na plataforma deixaram de ser monetizados devido a uma mudança nas regras do Youtube” (PC Siqueira).

“Eu costumo pedir muitos conselhos para o pessoal da Snack sobre minhas métricas, mas, principalmente em relação ao “Mas Poxa Vida!” eu prefiro ler os dados pessoalmente, já que lá são relatos pessoais meus. Nele, em especial, escolhi por nunca profissionalizá-lo” (PC Siqueira).

Planejamento

Planejamento sempre faz bem. É importante que a pessoa pense em quais serão seus próximos passos. Comprar alguma ferramenta mais barata para ver as métricas, até mesmo para entender que tipo de conteúdo funciona mais ou menos, é preciso pensar em um mídia kit legal, algumas coisinhas que ajudam a gente a vender. Mas é importante que esteja atrelado a uma ideia boa” (Liliane Ferrari).

O Ilha de Barbados foi totalmente pensado para fazer dar certo. Montamos algumas métricas, bolamos objetivos, o canal inteiro foi pago até o final do ano que vem. Decidimos a data na qual precisamos introduzir merchandising. Obviamente ele está dando certo tão rápido graças aos integrantes, Rafinha Bastos, Cauê Moura e eu, mas é preciso, sim, se planejar” (PC Siqueira).

As diferentes plataformas

 

Meu produto não é necessariamente o vídeo final, estou sempre em contato com as pessoas no Twiter ou no Instagram. Cada plataforma é uma forma de gerar conteúdo, não importa o que se está vendendo” (PC Siqueira).

“É engraçado ver como as mesmas pessoas se comportam de maneira completamente diferente em cada rede - Twitter, Instagram , Facebook -, por isso não adianta apenas replicar o conteúdo de uma plataforma em outra. Nesse caso o meio faz a mensagem e cada rede funciona de maneira diferente” (PC Siqueira).

Monetização

Hoje minha maior fonte de renda não é o “Mas poxa vida!, eu não ganho quase dinheiro nenhum com ele. Eu ganho mais dinheiro de maneira indireta, sejam palestras, consultorias para empresas… O publipost hoje em dia não sustenta uma pessoa” (PC Siqueira).

Rotina de produção

“Em relação à minha rotina, toda quarta-feira eu tenho gravação do Ilha de Barbados e, como precisamos estar os três juntos, geralmente gravamos sete ou oito episódios em um dia. Mas geralmente gosto de agendar tudo com pelo menos uma semana de antecedência. Eu fico o dia inteiro na internet, para mim é totalmente natural, não existe muita diferença entre o off line e o on line. Estou sempre junto ao meu celular, eu vou ao banheiro com ele" (PC Siqueira).

Quem são eles

Liliane Ferrari : palestrante e consultora de mídias sociais, professora de gestão e estratégia de blogs corporativos, mídias sociais e e-commerce da ComSchool International. É uma das 10 mulheres mais influentes da Internet brasileira, segundo o IG. Nas palavras do Vitor Bastos, da Tambor, ela é uma “influenciadora dos influenciadores”, uma profissional que é chamada para coaching e treinamento de todos aqueles que querem melhorar a performance nas redes.

PC Siqueira é um dos maiores influenciadores digitais do país e apresentador brasileiro. É um dos pioneiros da Internet brasileira – estourou com seu canal no Youtube, o  “maspoxavida”, em 2010 onde hoje tem 2.305.940 inscritos. Acabou de lançar o canal “Ilha de Barbados”  com Cauê Moura e Rafinha Bastos (mais de 435 mil inscritos), um dos mais recentes sucessos desta plataforma.

Sobre os “Diálogos 140”

Diálogos 140 tem por objetivo discutir e entender o crescimento das novas formas de comunicação que complementam as chamadas mídias tradicionais a partir do depoimento dos próprios produtores e influenciadores da rede. Nestes diálogos os influenciadores dizem quais são as melhores estratégias, o que fazem para atrair tantos seguidores e como monetizam estes canais com as agências de publicidade e anunciantes.

A primeira palestra da série Diálogos 140 foi sobre o fenômeno dos “Influencers Gamers”; mostrou a história de Brisa & Gi, dois streamers e youtubers da SL, do SehLoiro, network que tem por objetivo impulsionar o desenvolvimento de influencers no cenário gamer, promover o crescimento do número de seus canais e de sua base de fãs e contou com a participação de Gustavo Freudenfeld, responsável pela área de eSports do SporTV.

“Maternidade” foi o tema da segunda palestra e teve a participação de Shirley Hilgert, do canal Macetes de Mãe, com a participação de Léo Moura, gerente de produto e planejamento dos canais GNT, Viva e Mais Globosat, da programadora Globosat.

A terceira palestra abordou a “Gastronomia nas Redes Sociais”, com as participações de Ailin Aleixo, do Gastrolândia e Patricia Abbondanza, do canal Dedo de Moça, e moderação de Rodrigo Lanari, criador da empresa de consultoria Winext e representante no Brasil da consultoria internacional Wine Intelligence.

A última edição, que ocorreu em setembro, teve como tema a produção de conteúdo digital para moda. Lilian Pacce, do canal GNT, e Flávia Durante, do Pop Plus, e a moderação ficou por conta da Adriana Papavero, diretora da Lectra no Brasil.

“Diálogos 140” é realizado todos os meses na Unibes Cultural, tem entrada franca e é uma iniciativa da 140, agência digital e de mídias sociais da Art Presse e da Tambor. 

Publicado em Thu Oct 26 17:20:00 CDT 2017